Artigo

Maurício Balassiano

Diretor de Tecnologia da Certisign
O Certificado Digital, além de suas inúmeras outras aplicações, também pode ser utilizado para identificar e autenticar clientes nas lojas virtuais
Data: 09/02/2015

 

O Certificado Digital também pode ser utilizado para autenticar usuários em lojas virtuais. Sim, isto é possível graças ao desenvolvimento de um sistema que, quando instalado no e-commerce, lê o Certificado Digital ICP-Brasil sem exigir qualquer mudança significativa na estrutura do site. Não tem segredo, e é uma ótima opção para o empreendedor que optou em fazer negócios na web.

 
Por quê? O Certificado Digital identifica inquestionavelmente o titular e, portanto, neste caso, a autoria da compra. Isso significa o afastamento de um “fantasma” que assombra as lojas virtuais de todo o país e que, por vezes, é o fator determinante para estas encerrem suas atividades: o chargeback. Em português: não reconhecimento da compra ou estorno.
 
chargeback se dá quando é efetivada uma venda na loja virtual, por meio de cartão de débito ou crédito, e o titular não reconhece a compra, solicitando o estorno. No entanto, veja bem: o produto já foi entregue. O prejuízo fica para o dono do e-commerce, pois a administradora do cartão não garante a validade das transações e nem ressarci o empreendedor.
 
Desta forma, utilizar o Certificado como meio de login afasta consumidores mal intencionados, que se valem do não reconhecimento para tirar proveito, e também fraudadores. No futuro, com o avanço da adoção do Certificado, associado a campanhas de incentivo de uso deste método de autenticação (promoções, por exemplo), o e-commerce estará protegido contra esse golpe. Hoje, já é notável o crescimento da necessidade de utilizar o Certificado, tanto para cumprir exigências, quanto para dar celeridade à rotina.
 
Mas voltemos. Uma vez autenticado com o Certificado há provas legais de que a compra foi feita pelo titular. As transações realizadas por meio do documento eletrônico, como muitos já sabem, possuem validade jurídica. Em resumo: não há como o titular não reconhecer a compra.  É uma segurança para o lojista.
 
Para se ter ideia do público que facilmente aderiria a essa opção de cadastro e autenticação, entre 2013 e 2014 foram emitidos aproximadamente 5 milhões de Certificados, de acordo com informações do ITI – Instituto Nacional de Tecnologia da Informação. São pessoas que já desfrutam dos benefícios das transações eletrônicas seguras e que certamente migrariam do modo tradicional de autenticação (usuário e senha) para essa opção muito mais prática e segura.
 
Veja os benefícios:
 
  • Possibilita a loja virtual oferecer um serviço diferenciado a milhões de titulares de Certificados ICP-Brasil. Afinal, o comerciante está deixando de perder dinheiro eliminando o chargeback. Logo, ele pode se concentrar em ofertar promoções diferenciadas para esse público, que não dará calote, pois a autenticação é segura e inequívoca. 
  • Diminui a taxa de desistência de compra na loja virtual. A Certificação Digital é sinônimo de segurança. Um empreendedor que concede essa possibilidade ao cliente, certamente, adiciona valor a sua marca, pois associa a loja virtual a uma tecnologia de ponta e consolidada no mercado nacional.
  • Diminui o número de cliques para efetivação da compra. Por meio da autenticação com o Certificado Digital, “de cara” o empreendedor tem acesso aos dados fidedignos do cliente. O consumidor precisará apenas completar as informações referentes ao endereço de entrega. É mais comodidade para quem compra e mais uma forma da loja na web se diferenciar das demais.
  • Diminui as fraudes na loja virtual. Como já escrevi acima, você tem a certeza do reconhecimento da compra da parcela de usuários que utilizam a Certificação Digital ICP-Brasil para se autenticar. Por isso, vale a pena investir no sistema e divulgar. Afinal, quanto mais clientes utilizarem o Certificado Digital ICP-Brasil como forma de autenticação, menos chargeback a loja terá.
  • A implementação é feita por meio de códigos simples. O Desenvolvedor rapidamente consegue adicionar o serviço na página.
 
Com estes argumentos ficam claros os benefícios de utilizar a tecnologia da Certificação Digital em mais esta aplicação. Afinal, não gera custos e diminui o chargeback. É fácil de implementar e milhões de pessoas que adorariam usá-lo também para esse processo. Em resumo: o uso da tecnologia a cada dia se mostra ainda mais benéfica para pessoas físicas e empresas.
 
*Maurício Ballasiano é Diretor de Tecnologia da Certisign há mais de 14 anos  e é especialista em Segurança, Tecnologia  da Informação e Certificação Digital.
 
 

 

CLSW 105 - bl. A - salas 104 a 106 / Sudoeste - Brasília-DF - 70670-431 - (61) 3234.6282