ITI aprimorará Entidade de Auditoria do Tempo da ICP-Brasil

ITI aprimorará Entidade de Auditoria do Tempo da ICP-Brasil

É a EAT que possibilita o pleno funcionamento da Rede de Carimbo de Tempo (RCT) da ICP-Brasil. Tecnologia que atesta, por meio do Carimbo do Tempo, a data e a hora exatas em que um documento foi criado ou recebeu a assinatura digital
Data da publicação: 14/02/2019
Visando aumentar a capacidade e a disponibilidade da Entidade de Auditoria do Tempo (EAT) da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) está adquirindo mais um oscilador de alta precisão para a Infraestrutura. Essa é a primeira ação de modernização da EAT ICP-Brasil realizada nos últimos seis anos, e possibilitará o credenciamento da entidade à rede do Tempo Coordenado Universal, conhecida como UTC.
 
É a EAT que possibilita o pleno funcionamento da Rede de Carimbo de Tempo (RCT) da ICP-Brasil. Tecnologia que atesta, por meio do Carimbo do Tempo, a data e a hora exatas em que um documento foi criado ou recebeu a assinatura digital. “Estamos trabalhando para modernizar todos os serviços ofertados pela ICP-Brasil. Além de garantir a autenticidade e validade de uma assinatura, para muitas aplicações, também é necessário confirmar o horário que a ação foi realizada, nesse momento o Carimbo do Tempo é uma tecnologia essencial e queremos garantir o pleno funcionamento do sistema”, explicou o diretor-presidente do ITI, Marcelo Buz.
 
Atualmente, a ICP-Brasil tem apenas um oscilador de alta precisão. A inclusão de mais um equipamento proporcionará um sistema de escala de tempo rastreável e auditável, com maior precisão, escalabilidade, disponibilidade e segurança. Além de promover melhorias ao serviço de Carimbo do Tempo da ICP-Brasil, o aprimoramento tecnológico possibilitará o credenciamento da EAT ICP-Brasil à rede UTC, tornando o serviço internacionalmente reconhecido. “A adesão aos padrões internacionais aumenta a credibilidade da ICP-Brasil perante outros países. Assim, poderemos alcançar mais parcerias mundiais e promover a tecnologia nacional”, afirmou Buz.
 
O novo oscilador já está em fase de aquisição, depois passará pelo processo de instalação e programação necessários para que entre em pleno funcionamento. Para promover as adequações necessárias e adquirir o reconhecimento internacional, o ITI terá apoio do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). As instituições assinaram Acordo de Cooperação, em 2018, para possibilitar a ação conjunta.
 
Saiba mais sobre o oscilador de alta precisão
 

Desde 1967 o BIPM (Bureau international des poids et mesures – Escritório Internacional de Pesos e Medidas, órgão mundial responsável pelas definições de grandezas físicas e metrologia) define o segundo com base na medição de osciladores de alta precisão, como: “a duração de 9.192.631.770 períodos da radiação correspondente à transição entre dois níveis hiperfinos do estado fundamental do átomo de césio 133.” O oscilador de alta precisão é a escala de tempo mais usada mundialmente por possuir estabilidade e precisão suficientes para ser utilizada como uma fonte confiável de tempo de longa duração. 

 

Fonte: ITI
CLSW 105 - bl. A - salas 104 a 106 / Sudoeste - Brasília-DF - 70670-431 - (61) 3234.6282